CRACHÁ MARCA PÁGINAS

TRABALHANDO COM O NOME PRÓPRIO

Já pensou se não tivéssemos nome? Como seríamos reconhecidos no meio de tantas pessoas? Trabalhar com o nome próprio é trabalhar com a identidade da criança e também uma forma mais significativa para iniciarmos o processo de alfabetização na escola.

O nome próprio é uma palavra estável, ou seja, não importa onde esteja escrita sempre estará escrita da mesma forma, com as mesmas letras no mesmo lugar. Quando chegam na escola, as crianças percebem a importância de seu nome, pois começam a conviver com várias crianças e precisam identificar seus pertences pessoais como material escolar, agenda, atividade.

Os alunos da educação infantil, 4 e 5 anos, começam a perceber as regularidades do SEA a partir do nome: quantidades de letras e combinação dos sons. A criança pode usar o nome próprio como referência para a leitura e escrita de outras palavras, recorrendo às letras de seu nome.

Algumas crianças entram na escola já  identificando e escrevendo seu nome próprio, outras identificam, mas não conseguem escrever. Quando isso acontece, o professor pode fazer crachás com o nome das crianças e realizar algumas atividades:

  • deixar os nomes expostos e pedir que a criança encontre o seu nome;
  • entregar os crachás aleatoriamente e cada criança precisa encontrar o dono do crachá que recebeu;
  • usar o crachá como referência para atividades de recorte das letras do nome, modelagem do nome e escrita/cópia do nome próprio, uso das letras móveis para formação do nome;
  • bingo do nome com o crachá;
  • ter os crachás expostos num mural ao lado da foto de cada aluno para que eles usem os nomes dos colegas como referência para escrita e leitura de outras palavras;

O arquivo disponibilizado contém um espaço para a escrita do nome completo da criança. No primeiro ano eu coloco o nome completo das crianças, pois eles já vem da educação infantil escrevendo o primeiro nome. O crachá é um marca páginas e a criança pode colocar dentro do caderno, demarcando a última folha com atividades do dia.

No marca páginas coloquei também um alfabeto para consulta e os numerais de 0 a 20. Assim, toda vez que os alunos precisarem consultar essas informações, elas estarão a mão.

SOBRE O ARQUIVO

O arquivo está em formato editável, mas para isso você precisa primeiro baixar o arquivo para seu computador. Sugiro impressão em folha com gramatura entre 120 gramas e 180 gramas. Pode-se fazer um furinho com o furador e amarrar uma fita mimosa para dar um charminho no marca páginas. Lembrando que é PROIBIDO compartilhar as imagens disponíveis desvinculadas deste blog, assim como postar em outras páginas, grupos de Facebook ou Whatsapp. Todas as imagens disponibilizadas aqui são protegidas pela lei dos direitos autorais, de nº 9.610/98 – proibindo cópias ilegais para outros sites, blogs ou redes sociais.

ATENÇÃO: se estiver baixando o arquivo via celular, talvez precise fazer login em sua conta Google. Se estiver pelo computador, esse login não é necessário.

Gostou de algum material que viu por aqui?
Ajude para que mais professores tenham acesso ao meu conteúdo.
Compartilhe o link da postagem.
Deixe também um comentário para eu saber o que você achou dessa postagem.
Além de me deixar muito feliz, seu feedback me mostra que esse tipo de conteúdo pode ser produzido mais vezes.

Professora Rosane Souza

Professora Rosane Souza

Meu nome é Rosane Souza, responsável pelo Ensinar com Amor. Nesse espaço eu compartilho atividades e dicas para suas aulas de alfabetização. Inspire-se a vontade. É uma alegria ter você aqui!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

4 respostas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.